UMA ESTRADA E DOIS CAMINHOS

Agir ou reagir, são atitudes  que diferenciam o manejamento das pessoas em sua existência. São dois caminhos na mesma estrada da vida. Dependendo do olhar , ou do ângulo de visão, há diferenças entre os caminhos. Silêncio criativo ou agitação ansiosa, são determinantes de uma forma de ser estar neste mundo, onde o movimento pendular se manifesta. Quando não reconhecemos a pendulação perdemos a orientação, então, reagimos a invés de agir. Capturados pela intensidade de informações e estímulos, pelos modismos, pelos padrões mentais, pelas representações, entramos na cegueira existencial, um estado de vertigem e confundimos a realidade, sendo incapazes de discernir o real do imaginário. Aqui, real e virtual se confundem e as projeções da imaginação falseiam a realidade. Sabedoria ou ignorância, para onde ir? O sábio, na sua humildade quer ver e aprender. O ignorante arrogante, está convencido de que já sabe e portanto, se nega a ver, ouvir e aprender. A sabedoria do sábio o faz agir, ele tem o silêncio criativo que lhe permiti agir com precisão, ao contrário, o ignorante, aquele que não sabe e também não quer saber, apenas reage na vida sem nenhum discernimento. Ele fica dando voltas dentro do seu labirinto interior e cada vez mais desorientado. Uma estrada e dois caminhos, evidentes para aqueles que buscam a verdade, que não se revela para aqueles que estão dormindo e não querem enxergar a luz. Há pessoas que só reagem na vida, pois, no aprisionamento das ilusões, não percebem que estão presas no labirinto dos padrões mentais e culturais. Como sair deste labirinto? A saída do labirinto requer atenção, pausa, presença e sabedoria. Pausar e ouvir, são algumas das estratégias da lentidão.

Abraços    ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *