UMA ESCOLHA …

Com um pouco de percepção ampliada, é possível perceber a diferenciação entre o destrutivo e o propositivo, entre as forças que destroem ou rebaixam a potência da vida e as forças propositivas que elevam as potencialidades da vida. Se colocar diante da vida e do viver, se disponibilizar a viver a vida em seus devires, é se colocar em processo de escolha diante das forças destrutivas e das forças propositivas. Escolher através dos enquadramentos da moralidade ou escolher com a ética que qualifica e intensifica a potência da vida e do viver em cada encontro.

Abraços   ****

Viver