PROJETO DA MODERNIDADE

O projeto da modernidade que valorizou o progresso, que tornou a razão e a lógica uma imposição para subjugar e dominar as forças da natureza, entrou em crise. A desigualdade brutal tragou as pessoas. Oprimir e controlar as pessoas e suas relações pela força do poder, criou um exército de excluídos pelo ressentimento. Na desconfiança perdeu-se a alegria criativa. Recuperar as forças criativas, da potência viva que impulsiona uma vida afetiva, cooperativa, solidária, sensível, unida com a beleza da admiração, dos cantos, das danças nos corpos vivos e potentes de si mesmos, nas expressões de um pensar ampliado que se enamora com a poesia e os poemas da vida, talvez sejam os nutrientes gestadores deste parto, cujas dores já mostram as luzes de um “novo” em nascimento.

Abraços   ****

Vivi