PRESENÇA NO PRESENTE

Nem sempre estamos onde estamos. No geral divagamos em distrações as mais diversas possíveis. São pensamentos, sensações, emoções de todas as ordens que sequestram a nossa atenção, roubando a nossa presença do presente de nossa existência, do aqui/agora. Uma consciência plena é fruto de um treinamento mental, alimentado constantemente pela motivação de sustentar uma atenção focada no presente, sem se projetar para um passado, repleto de memórias ou para um futuro, gerador de anseios e expectativas.Nesta gangorra mental, sem nenhuma percepção, podemos ser levados emocionalmente por um sentimento advindo de uma sensação de uma possível ameaça, que aciona  uma resposta metabólica advinda do sistema luta/fuga. Aqui a atenção perde sua capacidade, o corpo se acelera e as memórias se manifestam, ou seja nossa amígdala entra em ação. O circuito pré-frontal esquerdo, que teria a change de reverter o processo não consegue ser acionado, enquanto que o circuito pré-frontal direito assume o controle das respostas. Uma pessoa resiliente, é aquela que tem a capacidade de reverter a resposta metabólica frente a uma ameaça ou possível ameaça, e retornar mais prontamente a seu estado de homeostase, pois o seu circuito pré-frontal esquerdo está mais ativado. Ela lida melhor com as situações estressoras.  Esta capacidade pode ser treinada, pelo treinamento de uma consciência plena, que se exercita em estar no presente de sua existência, sabe lidar, sustentar a sua  atenção. Ela reconhece quando sua mente divaga, reconhece os efeitos das emoções em seu corpo e pode atuar como um mediador interno, consciente, frente a seus pensamentos. É capaz, portanto, de atuar com mais clareza, pela sua qualidade atentiva, no seu mundo interno e no seu entorno externo.

Abraços    ****

Vivi

Deixe um comentário