PARA PENSAR E SENTIR

“Do rio que tudo arrasta,

se diz que é violento.

Mas ninguém diz violentas

as margens que o comprimem.”

 

Bertold Bretch

 

 

Deixe um comentário