OBEDECER OU RESPONSABILIZAR – ONDE FICA A EDUCAÇÃO?

Ao longo dos últimos séculos o mundo esteve acostumado a obedecer e cumprir ordens. Desde a escravatura seguindo pelas ditaduras, pela eugenia, pelo pensamento linear e monolítico, os espaço para refletir, compreender, opinar, simplesmente foram inexistentes.Então, os cidadãos aprenderam a responder aos regramentos sociais, que atendem às conveniências de uma minoria, de forma automatizada. Sob controle, com o medo instalado, o que resta é condicionamento. Neste contemporâneo, com a amplitude e velocidade da circulação das informações nas redes sociais advindas da tecnociência, este quadro começa a ganhar novas perspectivas, exige-se responsabilidade . O cidadão tem acesso a seus direitos legítimos de sua cidadania dentro da democracia, mas a democracia é um processo que está sendo construído e neste sentido ainda precisa ser construída a capacidade de responsabilização diante dos direitos e deveres de todos, em função de um bem comum e não apenas de alguns. Aqui, Estado e Cidadão deverão assumir conjuntamente a responsabilidade cooperativa na construção de espaços que beneficiem a todos igualmente, equitativamente. O reconhecimento desta diferença é fundamental para a maturidade do indivíduo e do coletivo. Estas instâncias não estão separadas, mas formam um organismo vivo em permanente mutação. Neste sentido o papel da Educação é de fundamental importância, mas, ela também depende da abertura de espaços para reflexão. Saber pensar e pensar bem, sem julgar, sem impor verdades únicas, sem direcionamentos unilaterais. A formação do sujeito ético é a fundamental tarefa para este século e quem sabe para os próximos também, afinal a responsabilidade é de todos para todos. Se não soubermos ouvir para querer compreender, não conseguiremos cidadãos plenamente responsáveis.

Abraços    ****

Vivi

Deixe um comentário