EXIGÊNCIAS DA CONCENTRAÇÃO

 Por experiência, sabemos que as preocupações emocionais tem o maior poder de distração. Reagimos facilmente aos acontecimentos quando o teor emocional nos é significativo. Não são os ruídos à nossa volta, as conversas das pessoas ao nosso lado que distrai a nossa mente, sequestrando a nossa atenção de um determinado foco, mas, são as vozes internas que nos levam para o atoleiro das ruminações mentais. A concentração absoluta exige que essas vozes internas se calem. Encontrar o silêncio interior, talvez seja encontrar a paz interior, seja encontrar a presença de si mesmo, no presente da vida. Enquanto houver ruídos internos, que recorrem a memórias que ligam emoções e disparam respostas somáticas, a concentração fica impossível. A auto governabilidade do fluxo de nossos pensamentos e emoções, é fundamental para manter a concentração da mente quando estamos diante de uma tarefa. Atravessar uma avenida movimentada, dirigir num trânsito intenso, fazer uma escolha decisiva em nossa vida, se regular na alimentação e numa atividade física, fazer uma prova, são todas ações que exigem concentração, sem a qual o resultado ficará comprometido. Portanto, atenção e silêncio são elementos importantíssimos em nossas vidas.

Abraços ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *