ESPERANÇA SEM RESIGNAÇÃO

Esperança não significa esperar, não significa complacência. A esperança tem em si mesma uma força de potência quando ela traz consigo um propósito vital, construtor, transformador, renovador, criador. A espera pela espera, desprovida de propósito, nos faz encalhar nas areias da acomodação, da desvalia, da preguiça, da procrastinação. Às vezes a espera está acoplada a um “salvador”, a espera de alguém que me tire do atoleiro da resignação, do negacionismo. A resignação deprimi, a esperança com propósito vitaliza. A esperança tem um olhar de coragem que se nutre por um senso de propósito. A resignação se esconde em narrativas que bloqueiam a potência, bloqueiam as possibilidades e nos levam para um buraco. Sair deste buraco requer a coragem para renunciar a um ego e  seguir na direção das possibilidades criativas de se produzir e se recriar. Alimentar a esperança com senso de propósito, é vitalizar a existência, é se fazer mais potente.

Abraços   ****

Vivi

Deixe um comentário