ENTRAR EM CONTATO TAMBÉM É ATENÇÃO

A palavra atenção, vinda do latim, ATTENDERE, significa entrar em contato. A atenção nos conecta ao mundo, moldando e definindo nossa experiência. Michael Posner e Mary Rothbart, neurocientistas cognitivos, citados por Daniel Goleman, afirmam que a atenção fornece os mecanismos “que sustentam nossa consciência do mundo e a regulação voluntária dos nossos pensamentos e sentimentos”. A determinação voluntária para a capacidade de estar atento, é que faz toda a diferença na qualidade da presença de uma pessoa em seu viver, incluindo sua autorregulação diante dos pensamentos e sentimentos. Os pensamentos são pensados um após outro, como um  em grande turbilhão. Porém, nem sempre temos consciência deles e da avalanche como eles permeiam nosso espaço mental, como também, dos sentimentos que deles advém. Sem atenção, segue-se no automatismo repetitivo e condicionado. Importante é ressaltar que, o modo como aplicamos nossa atenção determina o que vemos. No automatismo a tendência é ser reativo. A atenção é um fator determinante para a maneira como vemos o mundo e a forma como respondemos ao mundo, diante dos acontecimentos. A experiência que temos no mundo é determinada pela atitude atentiva. Atenção é contato é conexão.

Abraços   ****

Vivi

Deixe um comentário