CUIDADO COM O IGUALAR

Quando optamos por nos igualar, repetir as formas idealizadas, insistir nos modelos oferecidos pelos receituários sociais, estamos rebaixando a nossa vida e nos separando do que a vida pode em nós. Cuidado com esta falácia do igualar! Podemos ser iguais dentro de um “certo contexto de humano”, mas jamais deixar de sermos singulares e diversos. Igualar não significa igualdade. Nós seres humanos, na potência da existência, somos seres ativos de se diferenciar, criar e exercer a nossa singularização na efetuação de si mesmo, em relação com os outros seres na existência.

Abraços  ****

Vivi