CANCELAMENTO

Na lógica do condomínio, quem não está alinhado “tem que ser cancelado”. Nesta lógica a democracia, o diálogo democrático, o respeito pela diversidade, um diálogo que permite conhecer o outro em seus contextos históricos para ampliar a percepção, alterar as lentes  … são possibilidades que inexistem no “condomínio” do entre muros. Tudo que não estiver dentro daquilo que os “condóminos” não aceitam, deve ser sumariamente excluído ou cancelado. Quando a presunção ganha força de um “poder de dominação”, fecham-se as portas para compreender a realidade e as causas subjacentes do medo e dos ressentimentos.

Abraços   ****

Vivi

Deixe um comentário