BASES NOVAS

Impossível negar a importância dos afetos. O humano vive e se nutre da fonte que jorra afetividade. Todos os cenários  e narrativas clamam em alta voz a importância do amar, do acolher e ser acolhido, não há como ignorar tal realidade. Quem sabe, seja esta a realidade que vem sendo apresentada aos nossos corpos, aos espíritos afinados neste cotidiano do viver humano. Diria Virgilio: “ A grande ordem dos séculos nasce em bases novas”.

Abraços ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *