O ACONTECIDO

Quando ficamos aprisionados pelo acontecido das paixões tristes, podemos facilmente cair nos emaranhados do ressentimento. Quando nos deixamos ser capturados pelo ressentimento e nutrimos o ressentir dos maus encontros, ficamos num processo de contínua indigestão e o acontecido, que já passou, mantém as suas marcas que nos aprisionam. Pense nisto e liberte-se dos acontecidos dos maus encontros.

Abraços   ****

Vivi

POTÊNCIA OU OBEDIÊNCIA

A educação transformativa acredita na potência da vida. Acredita que à potência vital nada falta. Uma educação para a obediência nutre a falta, a culpa, a vitimização piedosa, os julgamentos que comparam e excluem a vitalidade, que mata a vida nos corpos.

Abraços ****

Vivi

EXPERIMENTE

Experimente! Renove! Recrie-se! Experimente o novo! Experimente-se! Diferencie-se! Desobstrua os caminhos e deixe a sua potência passar, deixe a vida se intensificar com toda a sua intensidade em seus corpos que constituem o seu Ser. Os medos aprisionados nos modelos moralizantes, aprisionam e capturam a nossa potência vital. Pense nisto!!!

Abraços   ****

Vivi

PULSOS …

Vida é pulso em tantos pulsos ! Viver em sincronia com os pulsos da vida, é estar disponível para dançar a vitalidade potente da vida! Quando estamos em sintonia conectiva com o pulsar da vida, toda a potência encontra as passagens por onde os fluxos podem se manifestar. É a vida conectada ao que ela pode, é a vida ativa e afirmativa. A desconexão com uma vida afirmativa, rebaixa a nossa vitalidade e perdemos o extraordinário da própria vida.

Abraços   ****

Vivi

ALEGRIA ATIVA

Apesar de todos os desafios que possamos encontrar ao longo da jornada, quando estamos conectados ao que a vida pode, uma alegria ativa se manifesta em nosso Ser. A alegria ativa, é o sentimento que brota do criativo, da experiência que jamais se nega a experimentar o mais extraordinário que a vida nos oferece. É uma experiência viva que nasce do mais profundo do nosso ser, livre, sem mediação alguma. Podemos chamar de Ética!

Abraços   ****

Vivi

IMPORTAR-SE

Importar-se! O que é importante? Qual a importância da vida e do viver? O que verdadeiramente me importa? O que é realmente importante para você? Com o que você realmente se importa? Abandonar-se, é perder a importância de Si e do mundo. Quando nos deixamos ser conduzidos pelo rebanho social, nos abandonamos de nós mesmos e perdemos o tempo da existência. Podemos até perceber que algo em nossa vida não se encaixa mas, nem conseguimos saber o que realmente. Este é o sentimento que surge quando nos perdemos, perdemos a capacidade de se importar, perdemos a importância da vida …. Fique atento para não ser capturado em cumplicidades de rebanho!

Abraços   ****

Vivi

ALIMENTOS QUE NUTREM …

Já sabemos: alguns alimentos nutrem o corpo, que nutrem a alma. Alguns alimentos podem até nutrir o corpo mas, a alma, os sentimentos, a sensibilidade fica na miséria da fome. Alimentar-se, é saber escolher as fontes dos nutrientes que alimentam o corpo e também o mais sutil da existência. São espaços importantes para uma vida ativa, potente, criativa. Fala-se em alimentos que favorecem um corpo “saudável”, mas como nutrimos a nossa sensibilidade? A saúde do corpo é também a saúde da alma. Saber escolher é Sabedoria!

Abraços   ****

Vivi