UMA FAMÍLIA UMA ESCOLA

Embora que o modelo de família venha sendo alterado nos últimos anos, ainda é neste núcleo que aprendemos a conviver. Toda criança nasce ou cresce neste grupo humano onde tem a experiência da convivência, da partilha, da cooperação. Aqui aprendemos o que é desapego.É na família que vamos ter as primeiras experiências de reconsiderar nossos interesses pessoais, para atender às necessidades das outras pessoas. Aqui vamos ter a experiência encarnada do que vem a ser o perdão, a capacidade de controlar, auto regular nossas emoções. Neste grupo, temos a oportunidade de perceber as tensões que se ativam pelos atritos das diferenças individuais em relação à autoridade, localizando onde está o poder explicito, o poder dissimulado, as coerências e as incoerências, a necessidade de partilhar o espaço físico e emocional. Aqui aprendemos as regras da convivência. Os confucionistas ensinavam que a família é uma escola de compaixão, pois é nela que aprendemos a conviver com os outros diariamente. Na família fazemos contato com temores e esperanças na relação com as pessoas que a compõem, aprendendo a se manejar nas discussões e desavenças. Mas é aqui também que temos a chance de aprender o que significa um vínculo afetivo, que podemos levar para o resto de nossa vida. Então, como podemos transformar a nossa família de hoje em uma escola de compaixão, onde as crianças possam aprender a importância de tratar todos com respeito, porque todos se tratam respeitosamente? Como seria a vida familiar, se cada membro da família tentasse realmente tratar os outros, “diariamente e o dia inteiro”, como gostaria de ser tratado? Poderíamos ser melhores, se cada um depositasse o seu esforço e compromisso pessoal, de pensar um pouco mais  para evitar falar impensadamente, de forma impulsiva mas, ter a gentileza, a cordialidade e a gratidão como uma conduta a ser seguida regiamente o tempo todo. Uma família é uma grande escola de aprendizagem da compaixão, da amorosidade, do silêncio e da paciência pedagógica.

Abraços   ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *