UM POUCO DE SILÊNCIO!

Em tempos conturbados, a agitação toma conta do nosso ser. A ansiedade rouba a capacidade de compreender e se compreender, nos distanciando  do bom senso e da lucidez. Tudo se torna extremanente ruidoso, desgastado, sombrio, nebuloso. Na escuridão perdemos a direção, nos desorientamos, nos sentimos perdidos em meio ao caos interior e ao caos exterior, que os nossos olhos só conseguem enxergar. Somos incapazes de ver a luz, o florescer, apesar de todas as turbulências. Nestes momentos, um pouco de silêncio talvez seja a fonte onde possamos recuperar nosso equilíbrio e harmonia. Recuperar a nossa amizade com o amigo interior, aquele que nos acompanha porque sempre nos acompanhou desde o nascimento e, queiramos ou não, seguirá conosco até o nosso último suspiro de vida. Pausar, silenciar para se ver e se ouvir sem julgar, pode ser a fonte orientadora, o caminho da cura. Parar e silenciar a mente, silenciar os pensamentos, se permitir a ouvir a voz interior, aquela que vem do coração, do mais profundo do nosso ser que somente o silêncio permite escutar. ” O silêncio é um amigo que nunca trai.” Confúcio

Abraços   ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *