SOMOS O FRUTO DA TERRA

Embora que muitas vezes a percepção não seja tão refinada, fato é que, o meio, as formas, as narrativas, as cores, os sons e os tons, os gestos, a temperatura, os ventos e as águas, a terra e as areias, são todos elementos que  permanentemente estão influenciando o nosso viver. A forma como pensamos, agimos ou até não agimos, como fazemos escolhas, como direcionamos a nossa vida, como nos relacionamos com o mundo, com a natureza e as pessoas, revela em grande parte o quanto os ambientes são determinantes em nossa vida, nossa maturidade e crescimento pessoal. Quanto os meios, ambientes, encontros, vínculos e distanciamentos, permeiam a nossa existência e que nem sempre temos  consciência. São fatores que passam despercebidos. Quantas vezes fazemos escolhas ou temos atitudes, que são a expressão do meio a nossa volta e sem nenhuma percepção. No século 5º a.E.C., afirmou o “pai” da medicina, Hipócrates : “ Como regra geral, as constituições e os hábitos das pessoas seguem a natureza da terra onde vivem.” Talvez ele tenha se referido ao espaço territorial, regiões do planeta mais desérticas ou áridas, mais úmidas,  montanhosas, planícies, regiões mais geladas ou tropicais, afirmando com grande sabedoria o quanto o território influencia a cultura e os modos de ser e estar neste planeta.  Apesar dos tantos anos, é uma afirmação que perdura no tempo tal a sua realidade. Um dos fatos de grande evidência no contemporâneo é a obesidade. No México, por exemplo, onde a água de torneira apresenta baixa confiabilidade, associado a um marketing, o consumo de Coca-Cola é o maior do mundo. Nos EUA o carro passou a ser uma sala de jantar, onde muitos americanos fazem as suas refeições. Portanto, estar atento ao meio, territorial e cultural, aos hábitos e ao COMO vivemos e nos relacionamos, é fundamental para adequação e gestão da nossa existência. Se escolhemos ter uma vida saudável, tanto física como psíquica e relacional, nos espaços que  habitamos, conhecer e refletir sobre o grau de influência dos ambientes, sociocultural, territorial, histórico e político em nossa vida, é decisivo.

Abraços    ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *