SILÊNCIOS …

Muitos são os silêncios … Existe o silêncio do silêncio, aquele onde as vozes sonoras parecem cessar. Existe também o silêncio que “grita”, aquele silêncio que guarda dentro de si mesmo as mágoas, as angústias, os ressentimentos, os medos e os desconfortos sem nome e sem palavra. Este silêncio clama em alto e bom tom por ajuda, por acolhimento, por uma escuta solidária e compassiva. O silêncio-que-grita precisa ser ouvido e para que ele não adoeça antes da hora.

Abraços   ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *