SERENIDADE

A serenidade da mente e do coração depende de um compromisso interno com a preservação da vida. Ser sereno, é ser vigilante ao pensar, ao sentir e ao agir. Serenidade não significa perder a alegria, os sonhos ou a espontaneidade. Ser uma pessoa serena, é ter a coragem de viver a alegria desprovida de conveniências. Uma alegria que nasce de um estado interno de compreensão, de bondade amorosa, de uma atitude interior que preserva a dignidade humana e a dignidade da vida.

Abraços   ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *