SER HUMANO – UM SER INACABADO

Do ponto de vista biológico o ser humano continua seguindo sua trajetória evolutiva, construindo seus corpos na relação com seus ambientes. Com a eretibilidade, as mãos manipuladoras, a cognição pensante, questionadora e criativa, o humano vai ampliando suas possibilidades relacionais, interferindo na natureza e diversificando sua forma de ser e estar neste mundo. Passando de geração para geração seus conhecimentos, cultura, narrativas, o humano segue o seu processo de aprimoramento como uma espécie inteligente. Embora que, ao longo da sua história neste planeta já tenha realizado grandes conquistas ainda permanece um ser inacabado dentro da sua incompletude, afinal ainda há muito por fazer. Quando a questão é convivência na diversidade, a impressão que se tem é que ainda estamos nos primeiros passos como espécie, pois ainda há muito que aprender e incorporar. A convivência entre os iguais, ou seja, humano com humano, e humanos entre iguais habitando o mesmo espaço planetário com todas as demais espécies vivas, parece que este ser ainda está engatinhando. Muscularizar direitos e deveres, incorpora-los, para uma vida relacional que possa garantir o prosseguimento salutar do vivo, tem sido um desafio evidente. Na atual etapa da humanidade, dentro do seu processo de humanização, sustentar valores como respeito e segurança para garantir a sua dignidade, é necessário a realização de ações conjuntas, parceiras e cooperativas. Afinal, num mundo capitalista, que separa e isola, se as coisas tem preço, as pessoas tem dignidade, então como valorizar o humano e a natureza  sem deixar que o “dinheiro” e o lucro a qualquer preço estejam acima da vida? Ao colocar o lucro acima da vida, fica evidente que o ser humano não chegou à sua completude. Entendendo aqui completude, como o absoluto compromisso com a vida neste planeta, a consciência humana e a consciência cósmica.  Será que chegará?

Abraços    ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *