SEQUESTROS EMOCIONAIS

As emoções fortes sequestram a nossa atenção. “Quando somos dominados por fortes emoções, elas guiam nosso foco, fixando nossa atenção no que é mais perturbador e  fazendo com que nos esqueçamos do resto.” Com esta afirmação fruto de anos dedicados à pesquisa em neurociência dos efeitos das emoções em nosso cérebro, o psicólogo Daniel Goleman, salienta a importância da sustentação da nossa atenção, treinando a mente para estar consciente dos sequestros emocionais disparados pela amígdala cerebral. A amígdala, localizada no sistema límbico, é o radar das ameaças, ou possíveis ameaçadas do cérebro. Quando somos sequestrados emocionalmente diante de situações reais ou imaginárias que nos ameaçam ou podem nos ameaçar,uma ampla via de circuitos neuronais advindos do troco cerebral e do sistema límbico, sobem às áreas pré-frontais num “bombardeio” de sinais, capaz de estreitar nossa atenção, embaralhar nossa memória, relembrando qualquer coisa que seja relevante para a ameaça em questão.Nesta situação toda uma enxurrada de hormônios do estresse são liberados, alterando nosso metabolismo, nosso sistema cardio-respiratório, preparando nossos membros para lutar ou correr. Nesta captura emocional, nos fixamos naquilo que é perturbador e nos esquecemos de todo o resto.Quanto mais forte é a emoção maior é a fixação. Portanto, estar atento ao corpo, às emoções e aos pensamentos que desencadeiam respostas emocionais e somáticas, é fundamental para garantir relações pessoais, intrapessoais e interpessoais, mais salutares. Não podemos nos esquecer que grande parte dos nossos pensamentos são criações da nossa mente e não condizem com a realidade dos fatos. Atenção é tudo! Cuidado com as criações e imaginações da mente. Nossa mente é capaz de criar, idealizar cenários que são inexistentes na realidade do viver.

Abraços    ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *