SENTIDO AO CAOS

A cultura, os meios de “produção” de se fazer a si mesmo ao longo do tempo, através das forças moralizantes, tendem a nos afastar de nós mesmos. No entanto, tempos desafiantes e incertos geram dor e sofrimento. Tempos em que o caos interior e o caos exterior se retroalimentam roubando a nossa vitalidade. No entanto, se conseguirmos dar um sentido à dor, por mais dolorida que seja, se conseguirmos nos conectar com a dor e o caos do interior de nossos sentimentos, pensamentos, de nossa psique, talvez fique menos sofrido fazer a grande passagem que teremos que fazer nestes tempos turbulentos. Dar sentido à dor e ao caos, é trazer a potência vital, é fazer emergir a vitalidade que pulsa em nossos corpos vivos.

Abraços   ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *