SE NUTRIR PARA NUTRIR

“Ninguém pode dar aquilo que não tem.” Esta frase exprime um grande saber, fruto de um bom senso. Para colaborar com o outro, para servir ao outro, para ajudar o outro, é preciso primeiro que eu tenha vivido a experiência daquilo que eu quero oferecer. Somos todos exemplo e referência e só poderemos ser coerentes, com aquilo sobre o qual queremos ofertar ao outro, se tivermos vivido a experiência pessoal, caso contrário, estaremos unicamente representado, cumprindo normas, proferindo discursos que não condizem com a realidade daquilo sobre o qual queremos disponibilizar. De forma alguma haverá um caráter individualista. Quando nos propomos a servir ao mundo, primeiro é necessário ter a experiência muscularizada, onde corpo e alma se completam, para depois ofertar. A representação não transforma, pior, cria mais antagonismos. Somente o compromisso ético de ser verdadeiro, na palavra, no pensar e no agir, poderá colaborar com o ampliar da consciência humana. Se queremos mudar o mundo, porque acreditamos que há algo que precisa ser transformado, então a mudança deverá acontecer primeiro em mim. Uma mudança que transborde no viver cotidiano de minha vida e só assim poderei pensar em transformar. A mudança sempre será de dentro para fora e não o inverso. Portanto, comece se nutrindo para poder nutrir mundo. Busque o verdadeiro e o sincero alimento pessoal, para depois ter o que de melhor oferecer.

Abraços   ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *