SAIR DO BURACO

Sair do buraco dos atolamentos por nos deixarmos ser capturados pelos nossos medos, inseguranças, incompreensões… nem sempre é uma decisão fácil. Primeiro precisamos reconhecer que fomos capturados e sentir a força das capturas em nosso corpo. O próximo passo, é decidir e se comprometer a sair destas capturas que rebaixam a vida do que ela pode. Toda mudança transformativa só acontece na ação. É através da ação, do agir, das experiências, que a diferença se efetua nos acontecimentos. O processo decisório de sair do buraco em que nos encontramos, já é em si mesmo a revelação de um modo novo de agir, de sentir e pensar rumo à libertação.

Abraços   ****

Vivi