SABER DIZER NÃO

Dizer “não” parece simples mas, nem sempre!  Em tempos onde tudo tem que girar em torno do prazer e da satisfação, enfrentar uma negativa, sobretudo diante de um padrão mental do “ser bonzinho” para ser aceito e aplaudido, a vaidade fala mais alto. O amadurecimento psíquico pede limites. Lidar com a frustração, faz parte do processo maturacional do ser humano. Alegria e tristeza, ganhos e perdas, sucesso e fracasso, fazem parte da existência e do crescimento pessoal. Um “não” dito honestamente, de forma sincera, é muito mais digno do que um “sim” dito para agradar e evitar problemas.

Abraços   ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *