REGRA DE OURO

O grande sábio chinês Confúcio, que viveu entre os anos 551 – 479 a.C., quando lhe perguntaram qual dos ensinamentos seus discípulos deveriam praticar “diariamente, o dia inteiro”, é bem possível que tenha respondido: “Não esqueça de SHU, consideração, ou seja nunca faça aos outros o que não gostarias que te fizessem.” Confúcio segundo  citação de Karen Armstrong, foi o primeiro que formulou a Regra de Ouro e com ela deixou ensinamentos que ele chamou O Caminho do TAO. O caminho que pontua a capacidade de dar aos outros o melhor de si, consideração, em relação à todas as pessoas, “diariamente, o dia inteiro”. Ensinamentos de um mestre sábio , absolutamente atual em nossos dias. Se cada pessoa pudesse oferecer o seu melhor a todas as pessoas em sua volta, do  contato mais próximo até o mais distante, a cada encontro, todos os dias, conservando em si esta grandiosa capacidade de se dispor no acolhimento ao outro, talvez possamos ter uma sociedade mais harmoniosa, justa e equânime. Isto seria um sonho? uma utopia? Pode até ser… mas fato é que, estes ensinamentos perduram com todo sentido até os nossos dias. Ocorre que, ainda não conseguimos nos livrar do egoísmo prepotente e preguiçoso, que muitas vezes engole nosso discernimento,  revelando a face mais impulsiva e repteliana do humano. A Regra de Ouro é para ser vivida, na prática, todo dia e o dia inteiro.

Abraços   ****

Vivi

1 pensou em “REGRA DE OURO

  1. Excelente pensamento. Difícil de conseguir sempre, mas passível de ser tentado diariamente, o dia todo! Obrigada, Vivi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *