RECONHECER PARA CONHECER

Boa vontade já é um grande passo na direção do conhecimento. Aprender é tarefa para sempre, para toda a vida e para a vida toda. É no aprender que temos a oportunidade de conhecer, reconhecer e compreender e porque não, perdoar… Quando reconheço que não sei, mas, quero aprender, o mundo se abre para mim. Na prepotência das certezas e da superficialidade banal, é impossível seguir rumo à maturidade. Estamos em tempos de grandes desafios. A democracia corre sérios riscos. Embora que tenhamos feito grandes avanços rumo à dignidade humana, com respeito e preservação da vida, as novas e intensas vozes do capitalismo de livre mercado, onde até a própria vida tem se tornado mercadoria para consumo e propriedade de alguns poucos, através das patentes da tecnociência nas mãos dos investidores do capital, buscar a informação confiável, o conhecimento seguro, as pessoas de boa índole, os pensamentos edificantes, os espaços de diálogo e reflexão compartilhada, é uma imensa responsabilidade. Não há tempo a perder. Estamos na urgência, pois é a vida que está correndo risco. São populações de cidadãos deste planeta, que estão sendo descartados pelo novo capitalismo. Estar atentos para reconhecer e querer conhecer é de urgência máxima e para tal é preciso uma grande dose de humildade, honestidade e ação correta. Lembrando que tudo começa com um primeiro passo e o primeiro passo nasce dentro da alma e da mente da pessoa humana. Tudo começa no indivíduo, na pessoa que quer se reconhecer e se dignificar.

Abraços    ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *