PERGUNTAS E RESPOSTAS

Saber responder com adequação e veracidade é considerado um grande mérito, mas saber formular uma boa pergunta é fundamental, pois é a qualidade da pergunta que poderá alavancar novas perguntas, alimento da reflexão. Roberto Lent, cientista de formação e coração nos diz: “ Quando o tema é ciência, as perguntas e o modo como são respondidas tornam-se mais relevantes do que as respostas. A aventura da ciência só tem sentido e charme quando se propõe uma boa pergunta. E é dela que derivam os experimentos e o raciocínio que, eventualmente, responderão. A resposta só interessa se gerar uma nova pergunta…” Treinar, ou melhor, educar a mente para estar atenta e com sua percepção ampliada, tem se mostrado de grande relevância para os jovens e futuros profissionais em todos os âmbitos de atuação.

As exigências do contemporâneo, tem sido cada vez mais refinadas. A capacidade de resolver problemas e tomar decisões, associadas à curiosidade intelectual e análise crítica, com postura profissional, habilidades interpessoais, atenção a detalhes e sustentação de foco, capacidade de trabalhar em grupo, flexibilidade e adaptabilidade, capacidade de lidar com ambiguidades na complexidade, são elementos decisivos para atuar tanto no mundo corporativo como  na vida  sócio-profissional.

Portanto, refletir e perguntar é muito mais que os velhos testes de perguntas e respostas realizados mecanicamente fruto da “decoreba” a qual muitos de nossos jovens, lastimavelmente tem sido treinados. Reduzir o potencial humano e sua vitalidade criativa a automatismos, é empobrecer e subestimar a inteligência humana. Caímos mais uma vez na educação!

Abraços    ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *