PAZ E DEMOCRACIA

Para pensar a paz e pensar a democracia, é preciso pensar racismo. Enquanto houver racismo e racismos, nas suas mais diversas expressões ao longo da história e do viver relacional dos seres humanos nas diversas comunidades humanas, não haverá democracia. Afinal, se a Paz não for para todos, ela não será para ninguém. Aqui como ali, enquanto houver supremacia de uma cor e de um gênero sobre o outro, impossível pensar em diálogo democrático e participativo e ainda, espaços pacificadores, locais ou gerais.

Abraços   ****

Vivi

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *