PARA MUDAR O MUNDO …

 Quando Gandhi afirmou …“Nós devemos ser a mudança que desejamos para o mundo.” …e ainda, quando a Regra de Ouro traz para a humanidade … “Não faça ao outro aquilo que não gostaria que o outro fizesse a você” … estamos falando de uma mudança social, que só poderá acontecer se vier precedida de uma mudança pessoal. Há um condicional: a mudança social nunca irá acontecer sem a mudança pessoal. Se , enquanto cidadãos de um mundo, globalizado, interconectado e interdependente , vislumbramos relações sociais mais equânimes, mais justas, que respeite a dignidade de todos os  seres  humanos sem nenhuma excessão inclusive o respeito pela  natureza e por  tudo o que vive neste planeta,  que não favoreça de forma alguma as desigualdades, é imperativo que optemos por seguir o caminho na direção de nos tornarmos seres melhores, pessoas mais justas, honestas, responsáveis,  cooperativas e mais amorosas. A raiz da mudança social está instalada na mudança pessoal. Enquanto cada cidadão não incorporar a sua responsabilidade dentro desta imensa rede viva na qual todos nós pertencemos na dependência  uns dos outros, sendo todos absolutamente iguais e importantes para a sustentação desta rede, não poderemos ter  uma justiça justa, uma honestidade honesta, uma política de distribuição igualitária e compartilhada por todos os integrantes da pólis, uma religião que religue uns aos outros, um amar incondicional. Para mudar o mundo cada cidadão, cada sujeito,  precisa começar pela sua mudança pessoal , pois não há liberdade individual sem responsabilidade individual. Esta é a lei da reciprocidade.

Abraços    ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *