PALAVRAS QUE CONFUNDEM

Embora que a verborragia esteja às soltas por aí, ela pode trazer muitos aborrecimentos. Palavras confusas, confundem as relações e as coisas. Muitas são as pessoas que falam por falar, falam sem pensar. Estas no geral causam sofrimento por onde andam e os estragos são muitos e até mesmo irreparáveis. Há também os que dizem: não era isto que eu queria dizer ou não foi a minha intenção… Sabe-se que a flecha lançada, a oportunidade perdida e a palavra falada, não voltam mais. Uma vez dita, a palavra não retorna, tudo se contamina. Falar na hora certa, no momento adequado, de forma adequada, na entonação adequada, é  fruto de atenção. Saber usar a palavra correta, a mais adequada para cada momento ou situação é fundamental para a preservação das relações, sejam elas afetivas,profissionais, familiares…. Uma palavra inadequada, gera enorme confusão em nossos sentimentos. Encontrar as palavras mais precisas requer a capacidade de pausar, refletir, atencionar, requer compromisso ético. Palavras falsas corrompem as relações, contaminam os ambientes.Encontrar as palavras que assegurem a base do nosso “estar-junto” é cada dia mais necessário. Portanto, toda atenção, todo cuidado é pouco. O compromisso pessoal consigo, com o outro e com ambiente relacional é um compromisso ético.

Abraços    ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *