ONDE ESTÁ A TAL FELICIDADE?

Biologicamente somos impulsionados para obter o prazer, a satisfação. Este foi um dispositivos da evolução no ser humano. Em meio aos equívocos da racionalidade, nos aprisionamos neste hábito acreditando que a felicidade se encontra nos prazeres da comida, do consumo, dos jogos em suas diversas modalidades. Contudo, comer um pedaço de bolo, ouvir a uma boa música, fazer uma caminhada logo ao amanhecer ou entardecer, sem dúvida nos traz satisfação. Acontece que não poderemos comer todos os bolos, nem ouvir incessantemente todas as músicas, ou passar dias e noites caminhando. Felicidade é um processo, fruto de uma conquista interna, que se adquire pela prática do altruísmo. Como tantas coisas na vida, ser altruísta também é um treino, como se treina jogar xadrez, ou fazer pão de queijo. Temos o potencial, mas, precisamos treinar para incorporar,aperfeiçoar, de tal forma que a atitude altruísta possa brotar espontaneamente em nossos gestos, pensamentos, palavras, escolhas e decisões em nosso cotidiano. A felicidade não está fora, mas , em nossa vida interior. Ser feliz também é uma escolha pessoal e para isto precisamos treinar, repetidamente, com atenção amorosa de querer ser feliz e compartilhar este estado mental com todos os seres. Aqui viveremos a experiência de uma satisfação natural, genuína, que permite o florescimento do nosso ser integral. Aqui florescemos e somos livres. Não há maior prisão do que a prisão dos nossos padrões mentais. Ser livre é florescer na felicidade genuína no viver cada dia de nossa vida, momento a momento.

Abraços   ****

Vivi

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *