O QUE ME TORNA HUMANO ?

O ser humano evoluiu biologicamente, mas, ainda está em processo evolutivo na sua humanização. Quando aparece na cena questões humanizadoras do ser humano, a primeira voz de responsabilidade se dirige à educação, como se ela fosse a única instância responsável pela humanização do humano. Neste sentido não é possível esquecer que Paulo Freire, professor e ativista social brasileiro, conhecido mundialmente por ter se destacado na defesa de uma pedagogia crítica-libertadora, desenvolvida a partir do diálogo e da cultura do educando, com inúmeras obras traduzidas para vários idiomas, foi enfático quando se referiu à educação como um direito do humano, educação como humanização. Ele afirmava que educar é humanizar, levantando a pergunta fundamental: “Quais são os processos que me tornaram humano?” Este questionamento continua atual embora que não esteja na pauta de muitos que atuam na educação em todos os seus níveis, considerando tanto a escola pública como a particular. O que se evidencia em nossa realidade educacional ainda é uma pedagogia propedêutica, que está voltada a preparar para algo, como um passaporte para algum lugar, preparar para o vestibular, para um emprego no mercado de trabalho, para uma profissão. Será verdadeiramente que os nossos educadores fazem a si mesmos a pergunta: o que me torna humano?

Abraços    ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *