“ O INFERNO É O OUTRO ”

A frase cunhada pelo escritor e filósofo francês Jean-Paul Sartre,“O inferno é o outro”, parece ainda presente nas pessoas que afirmam que a culpa pelos desconfortos e misérias morais está sempre no outro. Quando a realidade de si fica eclipsada, a tendência é se omitir de qualquer responsabilidade transferindo ao mundo e ao outro, de preferência, a culpabilidade de todas as hostilidades do viver. Se cada cidadão assumisse o compromisso e a responsabilidade por suas ações, decisões e escolhas no cotidiano, na vida afetiva, familiar, profissional, comunitária, relacional, ambiental, espiritual, talvez fosse possível pensar numa civilização sem o mal-estar, e aí sim, teríamos o melhor dos mundos. Exercer um olhar que possa ver e enxergar a si mesmo, com uma escuta ativa, diante do mundo a sua volta, é fruto de uma postura interna que se compromete a ser mais compassivo, responsável, alegre, solidário, gentil, consigo e com todos os outros, no reconhecimento corajoso de ser parte integrada de um todo maior.

Abraços   ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *