O CORPO

O corpo humano, vivo e vivido é uma experiência sensório-motora. É uma história pessoal e coletiva, é uma biologia e uma sociologia. Pensar a pessoa humana, é pensar uma unidade sensório-motora, que tem uma história, uma consciência e que se constrói nos acontecimentos vividos. Habitar um corpo, é habitar uma territorialidade corpórea viva numa contínua interlocução com um tempo histórico. Desabitar um corpo, é negar a si mesmo nos contextos pessoais e coletivos. A valorização de “Si” perpassa pela valorização, pelo cuidado, pelo respeito, pelo carinho a seu próprio corpo.

Abraços   ****

Vivi

 

Deixe um comentário