O CHÁ …

Só posso oferecer chá a uma pessoa se eu tiver chá em minha xícara ou em meu bule para oferecer ao outro. Se o meu coração e a minha mente não têm bondade amorosa e compreensão benevolente para oferecer a outrem, não há o que compartilhar. Ninguém dá o que não tem. Falar em solidariedade é diferente de ser solidário. A solidariedade começa no interior mais profundo da pessoa humana. Só posso ser solidário e compreensivo com o outro, se eu for comigo mesmo.

Abraços   ****

Vivi

Deixe um comentário