NOSSO CÉREBRO É MUTÁVEL

O vivo está em permanente mudança. O cérebro humano vivo se modifica. A sequência de base do DNA pode ser modificada por modificações químicas nas histonas e na sequência de base, podendo estas modificações, serem transmitidas geneticamente. Estas são informações advindas da epigenética. Neuroplasticidade e neuroepigenética, são conceitos novos que a neurociência tem apresentado à comunidade científica, de acordo com as pesquisa mais recentes. Tendo como referencial estes conceitos, entendemos que podemos nos autoeducar, educar as nossas respostas ao mundo, apesar dos acontecimentos e das histórias pessoais. Neste sentido, a Meditação na Plena Atenção, tem sido uma ferramenta que muito tem contribuído com o processo de resiliência do cérebro humano. As consequências do estresse crônico, gerando um estado de pró-inflamação, teria na prática meditativa um caminho de retorno à homeostase. Felizmente, hoje já existem grandes centros científicos pesquisando os efeitos benéficos destas práticas na saúde integral da pessoa humana, atuando no sistema nervoso autônomo, simpático e parassimpático, no sistema límbico, no sistema imune. O importante é considerar que o cérebro humano é mutável, então é possível mudar, basta querer mudar.

Abraços    ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *