MUITAS SÃO AS MANEIRAS …

Muitas são as maneiras de se fazer uma travessia. Atravessar um rio, atravessar uma rua, uma pista de dança … Existem os ansiosos e agitados, os lentos e inseguros, os racionais e intempestivos, os donos da verdade e os medrosos assustados …. Fato é que, as travessias da vida nem sempre são fáceis, sobretudo aquelas travessias do mundo interno, nas diversas etapas da nossa vida. Ter prudência, ser prudente nas doses, é sempre importante, mas deixar de atravessar ou querer levar nas costas um “saco” cheio de coisas que já não servem mais, certamente dificultará o processo. Então, é bom lembrar que, para se atravessar um rio tendo a prudência como nossa companheira, sentir as pedras e fazer um caminho por sobre as pedras possa ser mais interessante. Etapa por etapa, mas jamais ficar omisso a si mesmo.

Abraços   ****

Vivi