MATERIALIZAMOS O QUE ACREDITAMOS

O professor de sociologia da Universidade de Emory, EUA, Abbot Ferris, em suas pesquisas com mais de 11 mil norte-americanos, descobriu que “o julgamento que fazemos do mundo e da natureza humana em termos de bom ou mal pode afetar os nossos níveis gerais de felicidade.” A visão que temos do mundo, um olhar pessimista ou otimista do mundo e da natureza humana, é resultado de condicionamentos e circunstâncias ambientais onde vivemos e convivemos. Lembrando o quanto a mídia interfere também na forma como vemos o mundo, com histórias de violência ou histórias de gentileza nos noticiários. Fato é que, “nós seres humanos tendemos a materializar aquilo em que acreditamos”, na afirmação de Howard Cutler. Pessoas que acreditam na bondade imanente das pessoas tendem a serem mais felizes e a cada dia, as pesquisas trazidas por especialistas nas diversas áreas da ciência, tem evidenciado que a natureza humana é bondosa, compassiva, com grande preocupação com os outros.  A visão que temos do mundo pode abrir caminhos para uma vida mais feliz, com mais satisfação pessoal ou não. Há que refletir e escolher, há que perceber nossos condicionamentos, nossas histórias pessoais e encontrar os caminhos que irão favorecer uma vida direcionada para uma conduta mais bondosa e gentil ou uma vida voltada à hostilidade, ao mal humor e à displicência. São escolhas e responsabilidades pessoais.

Abraços   ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *