LIBERAR A VIDA …

Quando a vida está prisioneira num corpo e a zona de passagem impede os fluxos da potência, há um ser em sofrimento. Liberar a vida onde ela está prisioneira, já é em si um grandioso acontecimento. Corpos domesticados, aprisionados e dominados por uma máquina social, são corpos, mentes e afetos que acumulam frustrações, culpas, medos e ressentimentos. São seres adoecidos! São seres separados da vida ao que ela pode! As dores do sofrimento, são efeitos de uma vida aprisionada. Liberar a vida, liberar a potência vital, liberar as zonas de efetuação e produção de Si, é liberar a vida ao que ela pode.

Abraços   ***

Vivi