HISTÓRIAS  QUE  A  MENTE  CONTA

Os pensamentos gostam de serem pensados e a mente humana, “se delicia”  em contar histórias incessantemente. São narrativas imaginadas em forma de pensamentos que constroem realidades também imaginadas. Para justificar, omitir, excluir ou incluir, a mente humana através de suas  narrativas vai encandeando histórias num fluxo permanente que chega a ser exaustivo. Na tentativa de se explicar, a mente se lança em discursos internos de auto sabotagem. São discursos tão bem elaborados que a pessoa se convence e acaba por acreditar que são verdadeiros, contudo são apenas criações da mente que não condizem com a realidade dos fatos, dos acontecimentos e dos próprios sentimentos. Auto engano! Ser consciente deste mecanismo ou padrão mental, pode contribuir para uma vida mais equilibrada e estável, tanto cognitivamente como emocionalmente. Ansiedade, frustração, agitação, desânimo, baixa auto estima, baixa capacidade empática, tédio, pânico,  podem estar associados a uma mente que se nega a ver a realidade tal qual ela se apresenta, pois insiste em ficar aprisionada nas ilusões e criações da imaginação. É possível sair deste redemoinho exaustivo? Pesquisadores afirmam que a chave para a saída deste labirinto, é o reconhecimento deste jogo interno de contação de histórias imaginadas para então  desapegar-se dele.  Em seguida, se manter atento para perceber e reconhecer as sensações, a respiração e sustentar um estado de atenção.

Abraços   ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *