HÁ TEMPO PARA O TEMPO?

Diante de tantos estímulos, que exigem cada vez mais que as pessoas estejam permanentemente navegando nas redes sociais, assistindo televisão, acompanhando videos em seriados e ainda, acreditando que estão conectadas ao mundo das informações ou relaxando, são fatores que impedem a conexão com o ser pessoal. Diante destas exigências, muitas pessoas sentem que não tempo para si, que o tempo corre em alta velocidade gerando desconforto e a sensação de incapacidade. A sensação de que o tempo é insuficiente percorre grande parte de nossas vidas. Quando estamos no passado ou no futuro, a sensação é de que não há tempo. Quanto maior e mais intenso são os “bombardeios sensoriais” e os “bombardeios de pensamentos”, a sensação é que não há tempo para o tempo. Esta sensação advém pela desconexão pessoal. Os “bombardeios internos” nos fazem estar em permanente desconexão consigo próprio. Desconectados de si próprio, é estar ausente de si próprio. Dar-se tempo ao tempo pessoal, estar desperto e presente no tempo, é estar pleno de si na liberdade e na comunhão com plenitude do ser pessoal.

Abraços   ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *