ESVERDEAR NÃO É MUDAR

Estar atento aos discursos, falas e exortações, tem sido uma atitude fundamental em tempos conturbados para não cair nas armadilhas das retóricas construtoras de ilusões. Ideias que pregam a proteção dos verdes da natureza, das intenções bondosas de generosidade para com os excluídos e os menos favorecidos, muitas delas se utilizam destes argumentos como trampolim para encobrir nos disfarces a competição, as desigualdades, as opressões, a exploração e destruição do meio ambiente. Todo cuidado é pouco, senão podemos todos serem enganados pelos discursos que separam e fragmentam a vida. Pensar e refletir necessita de muita atenção, de percepção ampliada e contextualizada.

Abraços ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *