ESTAR EM CONTATO COM O SEU TEMPO

Há momentos no cenário cotidiano, onde as pessoas se ocupam apenas  em reproduzir e repetir tarefas automaticamente, deixando de perceber o novo, as novas linguagens. Grandes e honoráveis instituições se esvaziam, por se desconectarem de uma realidade que não suporta mais deixar de reconhecer as mudanças e as transformações. São instituições que vão se tornando obsoletas, pelo esgotamento do pensar racionalista da modernidade, permanecendo defasadas em seu tempo. São elites vazias de vida. Estar em contato com o seu tempo, é se renovar, é reconhecer as mutações que estão na ordem do dia e do viver nas ruas, nas relações, nas linguagens, nas músicas, no ser e no estar junto. Apreciar o mundo como ele se mostra e viver com ele, é de alguma forma tomar distância das falas condicionantes que insistem em se manterem na mitologia do Progresso a qualquer custo. Estar em contato com o seu tempo, é ter a coragem de exercer o seu direito ao desapego de formas controladoras e insustentáveis, para estar conectado com o vivido na vida social, com o pulsar criativo emancipatório rumo a uma liberdade, onde a ética e o respeito se evidenciam em cada gesto, em cada escolha. Estar em contato com o seu tempo, é optar por estar presente num presente que se renova pela força da realidade viva, no compromisso responsável pela natureza viva, onde não há mais espaços para desperdícios em nome de um consumismo progressista.

Abraços    ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *