ESQUIVAR DA COBRA E FUGIR DO TIGRE

A evolução do cérebro humano é resultado de inúmeros desafios que os seres humanos enfrentaram para garantir sua sobrevivência e a sobrevivência de suas crias. Foram centenas de milhares de anos para permitir que os mecanismos de atenção do cérebro humano evoluíssem numa selva onde as ameaças eram constantes e os fatores diversificados, como se esquivar do bote de uma cobra e fugir de um tigre saltando e veloz. Para  tanto, foi necessário  a passagem por todo um design neural, ativando os circuitos da amígdala, que é a sentinela do cérebro para significados emocionais, permitindo respostas reflexas que garantissem a sobrevivência. A estrutura do sistema ascendente, situada no mesencéfalo, reage muito mais rapidamente em tempo neural do que a região pré-frontal descendente, enviando sinais para cima a fim de ativar caminhos corticais mais altos, que alertem os centros executivos, relativamente lentos, para despertarem e prestarem atenção.  Atenção é evolução!

Abraços    ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *