ENTRE EU E O OUTRO

Há um espaço entre eu e o outro! Um espaço nem sempre perceptível para muitas pessoas, mas real. Há um espaço relacional, conectivo, que deveria ser cuidado, protegido, preservado. É algo que vai além da empatia, é uma eco-empatia, afinal há uma ressonância afetiva em um ambiente conectivo. Cuidar deste espaço, respeitá-lo, é cuidar de si e do outro.  Tal como afetamos o outro em nossas interlocuções, na presença, no gesto, na fala, também o outro nos afeta, para o bem ou para o mal. Uma palavra, um gesto, um olhar, um corpo vivo, quando em relação com outros corpos vivos num ambiente, sempre causa impressões, positivas ou negativas. O que isto significa? Uma presença viva num espaço pode agregar ou desagregar, aproximar ou afastar, potencializar ou despotencializar. Quando o espaço relacional é saudável e cordado, respeitoso e honesto, esta qualidade relacional qualifica a ambos. Não significa concordar ou descordar mas, respeitar e cuidar. Fato é que, entre duas pessoas, entre duas presenças ou mais, existe um espaço a ser cuidado. Este é o espaço da eco-empatia. Pense nisto!

Abraços ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *