ENFRENTAR A VERDADE

Dissimular, auto-enganar,mentir, omitir, disfarçar,ajeitar, fazer-de-contar,fantasiar,iludir,são ações criadas pela lógica mental através de pensamentos, narrativas, discursos, gestos,para negar a realidade. Negar a realidade dos acontecimentos no interior da subjetividade e dos acontecimentos que se externalizam no conviver de cada dia. Sendo a vida como ela é, negar a realidade é negar a verdade de si e do mundo. Enfrentar a verdade não é tarefa fácil. Há que ter a coragem para querer  ver a vida tal como ela é, na dinâmica de cada momento, em constante mutação, dentro das redes contextuais. A realidade por ser processual, está em permanente conectividade entre o observador e o observado,que se modificam mutuamente, no tempo e no espaço e para enfrentá-la, é preciso reconhecer a dinâmica de sua interligação. A lógica da razão linear ao criar ilusões para justificar a não responsabilidade, ou manter os caprichos da vaidade de uma  mente egoísta, não tem mais sustentabilidade. As questões de gênero, o racismo, as desigualdades sociais, os desequilíbrios socioambientais, todos geradores de violência que se disseminam pelo tempo e pelo espaço ganhando dimensões inimagináveis, caíram na vala da insuportabilidade. Para enfrentar a verdade da realidade, precisamos entender que, para lidar com as desigualdades teremos todos que lidar com os privilégios, pois, são fatores interligados e interdependentes. Assim como, feminismo e racismo, meio ambiente e culturas, desenvolvimento e progresso na relação com as tradições culturais e mudanças climáticas. São todos fatores e vetores intimamente interligados. A recusa a não querer enfrentar esta verdade, gera mais desequilíbrios e portanto, mais violência. Enfrentar a verdade, é começar por enfrentar a verdade da realidade interior de um SI mesmo, que precisa urgentemente se modificar para sair da imaturidade egoísta e ampliar suas percepções, para um agir  consciente e comprometido com a vida e o viver-junto.

Abraços    ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *