EMOCIONAR FAZ BEM …

As emoções são, muitas vezes em nossa vida, arrebatadoras. Contudo, se  não soubermos percebe-las, somos levados por elas sobretudo quando se torna uma “comoção” coletiva. Diante de uma notícia podemos nos emocionar, afinal estamos vivos, mas, é fundamental reconhecer da onde vem esta emoção e o que ela está gerando em nós. Aqui, dependemos de nossos valores para “administrar” a emoção suscitada. O que tem valor para mim? Qual é o alimento que eu escolho para nutrir minha vida, meus pensamentos, minha alma? Alegrias ou desgraças? Alegria não é euforia e tristeza não é destruição banalizada. Quais são os valores que eu cultivo em minha vida? Sem esta clareza interna, somos capturados pelas emoções desprovidos de poder decisório. Imagens, falas, ambientes,também estimulam emoções e sentimentos. Então, em que ambientes quero viver e conviver? Quais imagens eu permite fazer contato? Quais as falas e narrativas que eu quero nutrir em mim, através de meus pensamentos e também das falas, das palavras ditas que eu recebo dos meios informacionais, TV, Face, emails, jornais, revistas e das pessoas de convívio? Tudo gera emoções. Algumas são salutares outras são altamente tóxicas. Emocionar faz bem, mas, com quem?

Abraços   ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *