EM MEIO A TANTOS RUÍDOS …

Em meio a tantos ruídos externos carregados de incertezas, associados aos ruídos internos da mente humana, ter um eixo de referência pessoal tem sido da máxima necessidade. Reconhecer as múltiplas vozes internas e os mais diferentes ruídos do mundo externo, saber dar uma certa distância para encontrar espaços para pensar, é mais que um compromisso social, é um compromisso com a saúde pessoal. Se não houver um sujeito pensante, capaz de distinguir entre as coisas do mundo externo e as falas pessoais do mundo interno, o mal se banaliza, a “besta humana” se potencializa, perde-se o bom senso, a esperança nos abandona, o medo ressentido se instala. Cuidado!!! Atenção é um bem valioso! Quando se perde o sentido e o significado da vida e da existência, a morte de uma consciência já se faz presente.

Abraços   ****

Vivi

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *