EFETUAÇÃO

Independente da nossa vontade, a todo momento estamos em acontecimento. É nos acontecimentos que temos a oportunidade de nos efetuarmos como potência, nos encontros e nas relações. Pergunta importante: como eu me efetuo? como eu faço o que faço? Ao me efetuar, eu escolho aumentar minha potência ou me deixo ser levado(a) pelo que me acontece? O que aumenta a minha alegria de viver, ou o que rebaixa minha potência de existir? Consigo discernir ou me deixo ser levado pelas cumplicidades das falsas recompensas geradoras de falsos prazeres? Pense nisto!

Abraços   ****

Vivi