DIALOGAR OU IMPOR

Embora que a fala, a narrativa, a interlocução, sejam dispositivos fundamentais na comunicação humana, nos momentos de desafio em nossas relações, o que os líderes e governantes ainda fazem uso, é a força bruta. Ainda não sabemos fazer bom uso do instrumento natural e biológico da espécie humana: conversar, dialogar.  Diante de qualquer discordância, de qualquer possibilidade de ameaça aos modelos culturais estabelecidos, o poder exerce sua força coibindo o ser humano, sua potência vital, na tentativa de adestrá-lo para impedir que os sentimentos de injustiça, ingratidão e indignação, possam se manifestar. Não sabemos dialogar, sabemos impor, controlar, castrar, excluir, espoliar. Até quando? Dialogar, compartilhar, incluir, respeitar, legitimar, dividir, cooperar, compartilhar, são ações que ainda precisam ser exercitadas em nossa sociedade e nas relações de convivência. Sair da verticalidade para a horizontalidade, é  uma tarefa a ser realizada na contemporaneidade.

Abraços    ****

Vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *